Arte de capa: Fehmi Baumbach

Anotações contemporâneas em Teoria Crítica

Fábio Caires; Olmaro Mass; Oneide Perius (Orgs.)

A coletânea de estudos que ora se apresenta para o público é uma tentativa de responder à exigência adorniana de que a filosofia seja o incansável exercício de, sempre de novo, ocupar-se da realidade em suas fraturas e desencontros. Por mais que uma celebração propagandística da realidade festeje ininterruptamente o fim da teoria, o que se pratica aqui é um ato de resistência.  A hipocrisia é marca fundamental de nossa época. Cada vez mais os discursos celebram os direitos humanos, o multiculturalismo e a ética, encobrindo assim a dinâmica social que não cessa de produzir situações de exclusão, de homogeneização cultural, de exploração e de preconceito. A filosofia, assim, continua sendo o esforço teórico de garantir o acesso à realidade para além do véu ideológico e legitimador que a encobre. A obra filosófica de Theodor W. Adorno foi sendo escrita em situações que evidenciavam a profunda crise da civilização ocidental. Foi aparecendo como um pequeno fio de luz em meio à escuridão de acontecimentos como perseguições, guerras, exílio, antissemitismo, decadência da cultura. Assim, neste momento em que nossa época se depara novamente com o horror de racionalidades que endossam a violência, o preconceito, a perseguição e as diferentes lógicas totalitárias, nada mais apropriado e urgente do que voltar a examinar a exigente obra do pensador de Frankfurt. Certamente, não se trata de fazer isso para repetir simplesmente suas análises. Trata-se de pensar com sua obra e a partir de sua obra.  

ISBN: 978-85-5696-176-1

Nº de pág.: 166

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0