Direitos e proteção social na América Latina em tempos de COVID-19: uma Perspectiva Comparada

Páginas

210

ISBN 

978-65-5917-620-5

DOI 

10.22350/9786559176205

Direitos e proteção social na América Latina em tempos de COVID-19: uma Perspectiva Comparada

Organizadores

João Irineu de Resende Miranda
Lislei Terezinha Preuss
Adriano Smolarek

Geograficamente, o termo “América Latina” designa o espaço territorial de influência colonial europeia realizada por países latinos – Espanha, Portugal e França. Com exceção de alguns poucos países que foram colonizadas por outras potências, são mais de duas dezenas de Estados abrangidos por essa designação. A história comum demonstra que, embora o impacto colonizador possa ser reduzido a uma origem, entre outras tantas possíveis, no emaranhado populacional gerado por caminhos múltiplos, a riqueza da natureza diversa latino-americana torna-se patrimônio civilizacional que transcende a demarcação geográfica. A diversidade - eixo constante de comparação - demonstra, justamente, um manancial de aspectos históricos, culturais e populacionais, que nos unem. A diversidade traveste-se na maior riqueza latino-americana. É o nosso lugar-comum. No entanto, ainda que diversamente unidos por signos históricos, somos também distantes em muitos aspectos. Nossas dinâmicas históricas revelam particularidades inerentes que desabrocham na atualidade política; nossa realidade social cobra a desigualdade do contexto socioeconômico dos últimos séculos; nossa inserção no mundo assume papeis distintos e crava caminhos futuros pedregosos; nossos estados-nacionais são porosos e frequentemente incapazes de corresponder ao anseio de destino desejado pelas populações que os habitam. Como se a realidade não fosse bastante, uma pandemia, de âmbito global, causada por um vírus, chagou nossa existência. É verdade que, neste contexto, nenhum Estado ou região do planeta foi poupado. Entretanto, nas dinâmicas do impacto interno e internacional causado pela pandemia do Covid-19, os países distanciados dos centros de tomadas de decisões acabaram tendo que suportar dinâmicas distintas daqueles.

Direitos e proteção social na América Latina em tempos de COVID-19: uma Perspectiva Comparada