Corpus Caracensis & Nós

Páginas

346

ISBN 

978-65-5917-589-5

DOI 

10.22350/9786559175895

Corpus Caracensis & Nós

Organizadores

Águida Assunção e Sá
Bethânia Silva Tristão
Elves Botéri
Yani Aparecida de Oliveira

Pensar é exercício de alegria, porque é, antes de tudo, encontro com o outro. Neste poema, por exemplo, reencontramos o grave fulgor de Drummond e isso nos alegra. Ler Drummond é, de algum modo, reencontrá-lo, por isso é um exercício de alegria. Mas, o pensamento é mais que isso – é preciso polir e facetar para a criação de pura imagem – é preciso saber cuidar de cada expressão, cada palavra, cada vírgula, como o ourives lapida o diamante. Pois aquilo que o outro escreve, é uma parte de si que ele nos doa. Eis um pouco do espírito presente neste livro. Ele nasceu do encontro com o outro. É fruto de muitas mãos e diversas facetas. É uma obra coletiva. Quem escreveu, doou um pouco de si para enriquecer o nós. Quem leu esses textos e quem os ler agora, receberá um pouco dessa doação e entra no jogo da interioridade doada e da exterioridade recebida. É nesse sentido que reunimos diversos colaboradores ligados ou não ao grupo de pesquisa Studia Brasiliensia (CNPq). Quem colaborou, espero que tenha se alegrado no exercício do pensar. E aproveito este momento para agradecer sincera e novamente a quem fez e faz parte dessa senda chamada Studia Brasiliensia e a todas e todos que colaboraram durante o 1º Seminário – Nós, Brasileiros/as, quem somos? – realizado entre os dias 30 de setembro a 2 de outubro de 2021, reunindo participantes das cinco regiões do país. - Lúcio A. Marques

Corpus Caracensis & Nós