Blandícia às Autoridades, Miss, Futebol e Assistencialismo: os “estudantes democráticos” da UFPE – de 1970 a 1975

Páginas

448

ISBN 

978-65-5917-577-2

DOI 

10.22350/9786559175772

Blandícia às Autoridades, Miss, Futebol e Assistencialismo: os “estudantes democráticos” da UFPE – de 1970 a 1975

Evson Malaquias de Moraes Santos
Maria Vitória de Arruda Silva
Neide Carolina Andrade Pionerdo
Vinicius Borges de Medeiros

O caráter minucioso de coleta e cruzamento de diferentes fontes documentais agrega ao livro um valor significativo, pois oferece diferentes prismas dos personagens envolvidos e explora perspectivas distintas do papel de reitores, diretores e alunos que auxiliaram o regime, corroboraram e institucionalizaram práticas internas e autoritárias na Universidade do Recife, depois denominada Universidade Federal de Pernambuco. O livro, em suas mais de 300 páginas, é a mais completa análise sobre as práticas adotadas pelo regime de exceção no controle de um dos segmentos urbanos que mais enfrentou e resistiu a ditadura imposta ao país. O movimento estudantil, por sua efervescência e dinamismo político, era uma ameaça aos planos de perpetuação da ditadura. Este robusto trabalho de pesquisa é um convite à memória e à verdade para que nunca mais as atrocidades desse período aconteçam. Ao professor Evson Malaquias, nossa gratidão por trazer à tona esse passado. Ao leitor, deixo o convite para debruçar-se nessa memória. É só deleitar-se!

Blandícia às Autoridades, Miss, Futebol e Assistencialismo: os “estudantes democráticos” da UFPE – de 1970 a 1975