Cultura e Educação no Mundo Ibérico

Páginas

179

ISBN 

978-65-5917-522-2

DOI 

10.22350/9786559175222

Cultura e Educação no Mundo Ibérico

Organizadores

Vinícius Augusto Andrade de Assis
Cláudio DeNipoti

Em texto intitulado “Espaço de experiência” e “horizonte de expectativas”: duas categorias históricas, o historiador alemão Reinhart Koselleck apresenta o ofício de historiador da forma mais sucinta possível. Segundo o autor, ao confrontar com vestígios do passado e transformá-los em fontes que dão testemunho às problemáticas originais (vivências, recordações, inquietudes, entre outras subjetividades), “o historiador sempre se movimenta por dois planos. Ou ele analisa os fatos que já foram anteriormente articulados na linguagem ou então, com ajuda de hipóteses e métodos, reconstrói fatos que ainda não chegaram a ser articulados, mas que ele revela a partir desses vestígios”. Creio que textos aqui apresentados elucidam tais ferramentas em diferentes escalas; ferramentas de ofício, ofício de historiador! Esta publicação resulta do V Colóquio Cultura e Educação no Mundo Ibérico, realizado na Universidade Estadual de Londrina entre os dias 8 e 11 de novembro de 2021, em modalidade virtual. O evento propôs um intercâmbio entre pesquisadores voltados às instituições “ilustradas” e seus componentes, bem como suas relações com os quadros políticos, administrativos, econômicos, religiosos, educacionais, além da circularidade cultural pós surgimento da imprensa. - Vinícius Augusto Andrade de Assis

APRESENTAÇÃO Cláudio Luiz DeNipoti PREFÁCIO Vinícius Augusto Andrade de Assis 1 CULTURA ESCRITA EM PORTUGAL-BRASIL DE FINAL DO ANTIGO REGIME: ESCRITAS DE IMPÉRIO, AUTOGRAFIAS, SOCIABILIDADES Justino Magalhães 2 COMO PEDEM O SERVIÇO REAL E AINDA O DECORO DE VOSSA MAJESTADE: REPRESENTAÇÃO E VOCABULÁRIO POLÍTICO (PORTUGAL, SÉCULO XVIII) Antonio Cesar de Almeida Santos 3 LUZES ENTRE LIVROS: ILUSTRAÇÃO E CULTURA ESCRITA NO TERMO DA CIDADE DE MARIANA, MINAS GERAIS (1750-1822) Pedro Ernesto Luiz Fosque Sanches 4 ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE OS RECOLHIMENTOS FEMININOS DO PERÍODO MODERNO Ana Cristina Pereira Lage 5 E DESDE QUANDO MULHER LÊ NAS MINAS GERAIS? COMPOSIÇÃO DAS BIBLIOTECAS E PERFIL SOCIAL DAS PROPRIETÁRIAS. MARIANA. MINAS GERAIS (1754-1819) Júlia Ferreira Matos 6 ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU: UMA ANÁLISE HAGIOGRÁFICA EM IMPRESSOS IBÉRICOS QUE DIVULGAVAM MODOS DE EDUCAÇÃO FEMININA, SÉCULOS XVII-XVIII Fernando Ripe 7 FUNDAÇÃO DE SEMINÁRIOS, INSTRUÇÃO E RELAÇÕES DE PODER NO GRÃO-PARÁ E MARANHÃO: GABRIEL MALAGRIDA S.J., PRELADOS LOCAIS E O GOVERNO POMBALINO (1740-1761) Thiago Gomes Medeiros 8 A CIRCULAÇÃO DOS SABERES MATEMÁTICOS NO SÉCULO XIX: O FORRO DO TETO DA IGREJA DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS EM OURO PRETO (1801-1812) Edson Junior dos Santos 9 PROFESSORES RÉGIOS E PARTICULARES NA CAPITANIA DE MINAS GERAIS: PRÁTICAS EDUCATIVAS E LUGARES SOCIAIS (1740-1834) Yasmin Grigório Silva
Cultura e Educação no Mundo Ibérico