A Antiutopia da Sociedade de Consumo

 

Rogério Bianchi de Araújo

Se pensarmos a utopia como um espaço em que todos poderemos viver numa sociedade mais igualitária, desprovida de problemas ambientais e de maneira harmoniosa, desfrutando do tempo livre e das relações sociais fidedignas, sem interesses escusos e com privilégio do ser social em detrimento do puro individualismo, então podemos entender a sociedade de consumo como uma antiutopia contemporânea que alimenta cada vez mais imaginários distópicos de um futuro tenebroso, sem cor e sem vida. Pensar assim poderia ser considerado um ceticismo muito grande? Seria a febre consumista um caminho sem volta para a humanidade? Regozijamo-nos com os bens adquiridos e este universo seria, de fato, irreversível?

ISBN: 978-85-66923-97-1

Nº de pág.: 161

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0