O perfil filosófico de Schelling (1775–1854) - Christian Iber

O perfil filosófico de Schelling (1775–1854) 

Christian Iber

Schelling é uma figura inteiramente especial na filosofia. Isso já consta nas informações relativas a sua vida. Ele foi filho de um pastor protestante e nasceu em 1775, em Leonberg, na Suábia. Com 10 anos de idade ele frequentou a escola latina em Nürtingen. Logo depois, todavia, ele teve aulas particulares, porque o aluno precoce não tinha mais nada a aprender na escola. Com 15 anos de idade Schelling foi para a Universidade Tübingen (1790) e estudou teologia e filosofia. Ele estudou durante cinco anos, três de teologia e dois de filosofia, junto com os seus colegas mais velhos Hölderlin  e Hegel, com os quais ele morou em um quarto na Fundação Evangélica de Tübingen; ele abandonou também mais cedo do que eles a universidade. Platão, Spinoza, Leibniz, Kant, Fichte e Jacobi pertenceram ao grupo de seus filósofos prediletos. Intelectual e culturalmente o clima em Tübingen foi determinado pela Revolução Francesa, pela filosofia de Kant e Fichte e pela disputa do panteísmo desencadeada por meio do escrito de Jacobi sobre Spinoza. E a filosofia inicial de Schelling está normativamente cunhada por esta constelação.

ISBN: 978-85-66923-90-2

Nº de pág.: 68

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0