A perspectiva da virtude segundo a obra tomasiana Quaestiones Disputatae de Virtutibus - Quaestio 1 e 5: aspectos históricos e conceituais

Márcio Fernandes da Cruz

A presente investigação tem como objeto a obra Quaestiones disputatae De Virtutibus (q.1 e q.5), de Tomás de Aquino, filósofo e teólogo italiano do século XIII, considerando os aspectos históricos e conceituais acerca da virtude. Ao realizar um estudo minucioso sobre as virtudes, Tomás de Aquino certamente compreendeu que elas aperfeiçoam o ser humano a fim de que este siga devidamente suas inclinações naturais, concluindo-se que a perspectiva antropológica de Tomás é que todo homem tende naturalmente à felicidade; por criação, está indelevelmente inscrito em seu coração o desejo de ser feliz, o que implica em uma vida virtuosa. O estudo da referida obra, em nossa perspectiva, pode ser considerado uma proposta dirigida ao homem antigo e contemporâneo, bem como um paradigma essencial para quem deseja de fato, compreender a importância das virtudes morais, percebendo que sua prática possibilita ações éticas voltadas à liberdade.

Nº de pág.: 134

ISBN: 978-65-87340-77-7

DOI: 10.22350/9786587340777

ENCOMENDAR

© 2021 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0