Do amanhecer ao crepúsculo: o ambiente inteiro e suas narrativas

Tiago Lincka de Sousa

A matriz seminal deste livro permeia a concepção de educação ambiental complexa. Tem por propósito a utopia realista de uma sustentabilidade voltada para a elucidação de um modelo cultural, um modo de vida que possa garantir a preservação dos seres vivos e não vivos, para compor um mundo em que todos coexistam em harmonia. Para tanto, pensar esse modelo perpassa o entendimento de que somos natureza. Essa compreensão pode ser evidenciada tanto no que Karl Marx, no livro Manuscritos Econômico-filosóficos, afirma: “a natureza é o corpo essencial do ser humano”, bem como Joël de Rosnay, em seu livro O Homem Simbiótico explica que nós, seres humanos, “somos os neurônios da Terra”. Nessa mesma perspectiva, Elisabet Sahtouris, em seu livro A Dança da Terra, já ressaltou o quão é pouco rigoroso afirmar que “existe vida na Terra”, pois somos conhecedores de que nosso planeta é um organismo vivo, logo existe a “vida da Terra”. Com vasta vivência na educação ambiental, busco o entendimento coletivo de que a Educação Ambiental é um processo pertencente a todas as áreas do conhecimento, sem deixar margens para a sua subdivisão, ocasião que inicia-se o papel de profissional bibliotecário que sou, como um mediador do processo educacional, cultural, e de disseminação de informação, ou seja um educador ambiental. As pesquisas realizadas levam- me a propor uma revisão de valores e atitudes, a partir de uma certa reorganização do pensamento, uma ecologia das ideias e da ação, evidenciada pelas leituras da educação e da complexidade, principalmente atento aos escritos de Edgar Morin. Faço uso da metáfora como operador cognitivo, ao ressaltar o ciclo solar, relacionando-o com as fases de escrita desta obra. Em síntese, tem-se como horizonte ressaltar a importância da condição humana, o respeito pela natureza e o princípio da interdependência natural, cultural e social. No intuito de que tenhamos uma sociedade que valorize as relações de solidariedade consigo mesmo, com o outro e com o meio, pelo respeito e gratidão à Mãe-Terra. O que me leva a convergir, na ressignificação do meio ambiente, compreendendo-o como Ambiente Inteiro.

Tiago Lincka é Bibliotecário e Mestre em Educação formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Doutorando em Educação Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande. Tem larga vivência e atuação em educação ambiental por meio dos movimentos sociais.

ISBN: 978-85-5696-778-7

Nº de pág.: 88

© 2020 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0