História ontem & hoje: relações de Poder, Cultura e Práticas Religiosas

Joabe Rocha; Silvan S. Mendes (Orgs.)

Há duas formas de se pensar a historiografia como uma ciência viva: primeiro, como já havia sido sugerido por um grande pensador crítico no século XIX, a ciência da história não lida simplesmente com fatos mortos do passado, mas como o fluxo da vida que se atualiza a cada momento e a cada momento é objeto de reflexão e entendimento; segundo, a própria ciência da história faz da história da historiografia uma história de constante (re)atualização teórica e metodológica. Mas, o movimento de renovação, bem como o da (re)atualização da teoria e das obras e autores tornados clássicos não seria possível sem a renovação do elemento humano que faz ou escreve a história. É essa história viva que reconstrói perpetuamente uma “terceira instância” que une o ontem e o hoje e elabora uma proposta de entendimento e de sentido no mundo em que estamos, que os leitores encontrarão neste presente livro. Além desse exercício de historicização, como apreensão do tempo humano e de temporalização, como figuração e atualização dessa experiência histórica, temos uma articulação entre heterogeneidade de temas e referenciais teórico-conceituais e uma homogeneidade ou comunhão no que diz respeito ao tipo de abordagem. Neste segundo sentido, o dos aspectos comuns, o presente livro traz trabalhos que se caracterizam, sobretudo, pela adoção de uma perspectiva de uma história social enquanto história “vista de baixo”. Referimo-nos aqui ao longo e poderoso movimento de democratização da chamada “história oficial”, que tendia a privilegiar apenas a história dos chamados “grandes indivíduos” e das estruturas tradicionais de poder.

 

Victor de Oliveira Pinto Coelho

ISBN: 978-85-5696-769-5

Nº de pág.: 218

© 2020 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0