Introdução à lógica a partir de sua história filosófica, Volume 1: de Heráclito aos Medievais

Beatriz Rodrigues Morais; Fernanda Hugo Figueiró; Ludmila Tibães Pires; Luísa Mapeli Veríssimo; Raquel Anna Sapunaru (Orgs.)

É quase impossível supervalorizar a importância da lógica para a ciência. De fato, isso não vale apenas para as ciências empíricas, mas para todas as áreas do conhecimento humano. Mesmo o conhecimento mais simples e direto precisa de algum tipo de fundamentação, e tal fundamentação se faz através de um argumento que precisa ser logicamente válido. Desde de seu início, com Aristóteles, a função de determinar quais tipos de argumentos são válidos foi domínio da lógica. Com o monumental desenvolvimento da lógica no início do sec XIX, ela toma ainda mais lugar de destaque, seja no debate sobre as relações entre lógica e matemática, seja na fundamentação da ciência proposta pelo Círculo de Viena. Embora possamos dizer que a partir do fim do sec XIX o papel da lógica perdeu sua centralidade nas explicações do conhecimento científico, substituindo as explicações internalistas por explicações externalista de fundo histórico e sociológico, ela ainda assim permaneceu fundamental na prática diária científica. Sua universalidade é uma peça essencial para um tipo de conhecimento que pretende ser coletivo, ultrapassando toda e qualquer barreira cultural. Sua presença é tão ubíqua que é poucas vezes questionada ou discutida. Negar a centralidade da lógica na ciência se torna, assim, negar a própria ciência.

Prof. Gustavo Leal Toledo

ISBN: 978-85-5696-718-3

Nº de pág.: 81

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0