Experiências com História Oral

Claudia Musa Fay; Isa Mendes; Robert Wagner Porto da Silva Castro (Orgs)

Trajetórias de vida e

estudos autobiográficos

Claudia Musa Fay; Isa Mendes (Orgs)

Há algumas décadas, a História Oral conquistou de forma inequívoca seu espaço no meio científico, mostrando-se capaz de suportar pesquisas que necessitem de uma abordagem também amparada em termos qualitativos, além de ter contribuído para os estudos situados na História do Tempo Presente.

Em nosso país, esta metodologia passou a fazer parte dos estudos acadêmicos a partir da década de 1970, com a criação do Programa de História Oral do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC). Atualmente, muitos historiadores são adeptos desta abordagem, fato este que se observa nas reflexões sobre teorias e práticas que gravitam em torno da História Oral, gerando uma extensa publicação em revistas especializadas e livros. Ademais, inúmeros congressos e encontros são realizados em todo o mundo com o objetivo de compreender como a História Oral incorpora-se nas pesquisas desenvolvidas por historiadores. 

 

ISBN: 978-85-5696-698-8

Nº de pág.: 197

Fragmentos de memórias e

história de vida

Claudia Musa Fay; Robert W.Porto da Silva Castro (Orgs)

A observação dos muitos acontecimentos históricos, ocorridos ao longo do tempo, leva-nos à percepção de que cada ser humano, em alguma medida, é sujeito do processo histórico. E ainda, que é o conjunto de suas experiências ao longo da vida que compõem as “as páginas da História”, vivências essas que, em sua maioria absoluta, não são registradas em escrita ou imagens, o que deixa à Memória a função de preservá-las, a fim de evitar que se percam, completa e definitivamente, com a morte daqueles que as experienciaram. Nesse sentido, é no contexto da História do Tempo Presente que a Memória se destaca ainda mais enquanto fonte e arcabouço de análises que buscam trazer à luz as perspectivas daqueles que, por motivos que escapam ao que intencionamos com esta obra, não tiveram espaço na construção da “memória oficial”, mas que, por meio da História Oral, têm a oportunidade de registrar as narrativas de memória construídas acerca de suas trajetórias em instantes específicos de suas vidas, o que confere a nós, historiadores, novas possibilidades de análises e perspectivas multifacetadas para a representação de passados cuja releitura se deu, até então, por meio da análise de fontes históricas distantes da Memória.

 

ISBN: 978-85-5696-699-5

Nº de pág.: 136

© 2020 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0