Pós-humano: crise ou reconstrução da identidade humana?

 

Ronaldo Miguel da Silva

 

Decididamente o clima está esquentando. Vivemos tempos de urgência. Além de estar sob época de mudanças, vivemos uma mudança de época que afeta todas as dimensões da vida humana. A condição humana está em risco de autoliquidez. A humanidade passa por uma intensa crise existencial e seu futuro está em nossas mãos. A humanidade está sendo afetada por um processo psicológico inerente à sua percepção, à sua vida cotidiana, ao seu ser e à sua forma de organização social. A responsabilidade pela situação humana parece ter sido privatizada e desregulamentada. Os órgãos conjuntos encarregados pelo ordenamento e interpretação de tudo isso estão se desintegrando. Cabe agora à nossa geração identificar os problemas, procurar as respostas e restaurar identidades trincadas. O desafio é encontrar a forma de como fazê-lo, muito embora, o mais importante é reafirmar que podemos fazê-lo, através do retorno a um humanismo coerente, pois o vício radical da humanidade é de ser antropocêntrico, não de ser humano. É disso que trata esse livro.

ISBN: 978-85-66923-58-2
Nº de pág.: 193

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0