Cemitério e Museu: Aproximações eletivas

Davi Kiermes Tavares; Diego Lemos Ribeiro; José Paulo Siefert Brahm

O espectro da morte assusta, em especial por essas bandas do Ocidente. Falar sobre a morte, seja em sua iminência, ou no lugar que demarca o destino final do corpo, os cemitérios, pode ser interpretado como motivo de mau agouro. É como se observássemos o corvo de Edgar Allan Poe sempre nos flertando, a todo tempo, em todos os cantos. Contudo, ao escrevermos este livro, procuramos observar o cemitério, a morte e, em analogia, os museus, como lugares privilegiados para celebrar a vida. Do mesmo modo pensamos esses espaços, em que são encenadas as ideias de memória e patrimônio, como dimensões físicas que se abrem à vida; como uma potência de ânimo que nos coloca diante das infindáveis possibilidades de lidar com o subjetivo. 

 

ISBN: 978-85-5696-587-5

Nº de pág.: 279

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0