As competências do líder-gestor educacional na organização escolar privada

Daniella Basso Batista Pinto

O que esperar de uma obra que tem por título e tema “As competências do líder-gestor educacional” com ênfase na análise da experiência de gestor vinculado à organização escolar privada? Esta é a primeira questão que emerge ao se deparar com um texto que procura evidenciar a teoria e prática do gestor educacional, do líder que precisa ter a consciência da mudança para atuar na transformação de seu próprio ambiente de trabalho em vista da própria transformação educacional, que conduz os educandos para a prática da vida além dos limites da escola. Pensar em ‘competência’ tem suas particularidades. O que é? Qual a função? Qual a consequência de quem tem? Competência não é simplesmente ser ‘competente’, ser apto a fazer algo, mas sim ser possuidor da competência. Isso soa estranho, mas competência, na verdade, é habilidade! Ou seja, a competência de alguém é a habilidade que ela detém para fazer algo, mas não como aptidão para isso, e sim com os instrumentos que ela possui que permitem ter as capacidades necessárias para empreender . A competência do líder-gestor é saber gerenciar, liderar, coordenar, perceber, experimentar, proceder, modificar e empreender. O líder-gestor não é só um Líder, ele é empreendedor. Empreender significa construir, e quem constrói, tem em vista transformar. Nosso líder-gestor tem a tarefa de transformar o ambiente diante das mudanças sócio-políticas, a fim de compreender o novo e atuar com ações que mobilizem seu grupo de trabalho, permitindo empreender as modificações. Para isso, é preciso competência.

 

Marcio Tadeu Girotti

ISBN: 978-85-5696-493-9

Nº de pág.: 81

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0