Direito ambiental, economia e relações internacionais: terras raras, guerra comercial e Teoria dos Jogos

Magno Federici Gomes; Izadora Gabriele dos Santos Oliveira

Os elementos terras raras são recursos naturais estratégicos e tornam-se essenciais para o desenvolvimento tecnológico mundial. Nesse sentido, a China percebeu a importância crescente desses elementos e resolveu implementar políticas de restrição de exportações dessa mercadoria, o que causou conflitos, inclusive levados à Organização Mundial do Comércio (OMC). Atualmente, o que ameaça gerar um retrocesso econômico mundial é a guerra comercial entre Estados Unidos da América (EUA) e China decorrente, em parte, da não resolução do conflito sobre terras raras e do temor dos EUA em ver a China crescer e alcançar seu maior objetivo: tornar-se a principal potência econômica mundial. Assim, o trabalho busca verificar se a teoria dos jogos pode ser aplicada ao conflito a fim de resolvê-lo de forma satisfatória, bem como avaliar quais os impactos econômicos da guerra comercial para o Brasil, em especial no que tange à produção de terras raras. Para tanto, fez-se uso do método teórico documental do tipo dedutivo com análise legal e bibliográfica, bem como do método exploratório a partir de pesquisa qualitativa quanto aos conflitos entre as duas potências mundiais, e quantitativo referente às reservas e produção de terras raras no Brasil. Este livro insere-se nas áreas de Direito Internacional Ambiental, Direito Minerário, Direito Econômico, Relações Internacionais e Economia. 

ISBN: 978-65-81512-45-3

Nº de pág.: 198

© 2020 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0