Perspectivas transculturais e transnacionais de gênero

Claudia Priori;

Cleusa Gomes da Silva;

Georgiane Garabely Heil Vázquez (Orgs.)

Esta proposta de coletânea surgiu a partir de debates entre as integrantes do GT de Estudos de Gênero da Seção Estadual da ANPUH-PR, que perceberam a importância de reunir pesquisas que abordem as “Perspectivas transculturais e transnacionais de gênero”, temáticas tão pertinentes ao mundo contemporâneo diante dos deslocamentos de pessoas, ideias, processos identitários, migrações, trânsitos culturais e sociais, feminismos, biografias, literatura, filantropia, cinema, religião, contextos coloniais e pós-coloniais, decolonialidade, interculturalidade e outras práticas que configurem espaços transnacionais e transculturais de gênero, classe, raça, etnias e sexualidades. Assim, a coletânea está organizada em onze capítulos de pesquisadoras e pesquisadores nacionais e internacionais que apresentam trabalhos que propiciam espaços de discussão e reflexão sobre os fenômenos transculturais e transnacionais relativos ao gênero, feminismos e à história das mulheres, compreendendo as múltiplas formas de diálogo, trocas, intersecções culturais e políticas relacionadas ao gênero em diferentes contextos, transcendendo as fronteiras nacionais. Os capítulos se aproximam por afinidade temática e teórica, e trazem para o debate reflexões que carecem de fortalecimento no meio acadêmico e no debate intelectual, propiciado pela abertura das novas perspectivas dos estudos de gênero, dos feminismos transculturais e transfronteiriços, das epistemologias do Sul, dos estudos pós-coloniais e decoloniais, cujas propostas são focadas em estudos e saberes descentrados epistemologicamente, que visam analisar as realidades históricas diversas, como é o caso da América Latina e Europa do Sul, entrecruzando identidades/diversidades étnicos-raciais, sexualidades, classes sociais e territorialidades subjetivas e pluriversas e que remete a uma proposta histórica  e comprometida em deixar emergir xs sujeitos que compõem esses fluxos transnacionais, como as mulheres, xs pretxs, xs índixs, xs pobres, xs gays e lésbicas, marcadas pelas histórias e práticas transfronteiriças.

 

ISBN: 978-85-5696-300-0

Nº de pág.: 341

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0