Pensar a História com e além de Bourdieu: experiências de pesquisa

Luis Carlos dos Passos Martins (Org.)

O livro agora apresentado é composto por 11 capítulos que, apesar dos temas e dos períodos de estudo diferentes, têm uma questão de fundo em comum: pensar os objetos de pesquisa histórico a partir do olhar da sociologia relacional de Pierre Bourdieu – o que está longe de ser fácil, muito menos isento de controvérsias. Outro ponto de semelhança entre os textos aqui reunidos está na constatação de que, por caminhos e em etapas distintas, todos foram elaborados durante o processo de produção da tese ou da dissertação dos seus respectivos autores. Desta forma, apresentam, de um lado, um caráter provisório – pois muitas questões aqui contidas podem e devem ainda ser revisadas – e, de outro lado, reflexões originais sobre a pesquisa em História no processo de interação entre o aporte teórico-metodológico e a realidade empírica estudada, momento importante da investigação na área, mas raramente compartilhado pelos pares. É com referência, então, a este duplo caráter – e por causa deste duplo caráter – que estes textos devem ser lidos e avaliados. A ideia de publicar estes trabalhos surgiu durante as discussões finais de uma disciplina ministrada por mim no Programa de Pós-Graduação em História da PUCRS, durante o segundo semestre de 2016, intitulada Impressão, apropriação e circulação das ideias: história social dos impressos a partir de uma visão bourdiesana. Esta disciplina tinha como objetivo abordar a História Social dos Impressos a partir do referencial teórico-metodológico de Pierre Bourdieu e sua proposta para uma sociologia da cultura. Procurou-se se, acima de tudo, observar os processos historicamente situados de produção, de circulação e de apropriação de livros, de revistas e de jornais a partir de alguns conceitos bourdianos como: mercado de bens simbólicos, campo de produção cultural e campo de produção ideológica. Após esta análise inicial, os alunos, alguns deles hoje autores neste livro, tiveram como tarefa pensar os seus objetos de pesquisa ou a pesquisa na área da História dos Impressos com base na apropriação do aporte teórico de Bourdieu acima referido. Como o resultado desta empreitada se mostrou de muito boa qualidade e proveitosa para outros pesquisadores na área, decidiu-se pela publicação de parte dos trabalhos, acrescidos de algumas reflexões anteriores que eu havia feito em estágio semelhante de pesquisa sobre o mesmo tema. 

ISBN: 978-85-5696-195-2

Nº de pág.: 231

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0