Freud & Jung:

do complexo de Édipo à

alma naturalmente religiosa

Soraya Cristina Dias Ferreira

Escrever sobre autores clássicos é uma tarefa gigantesca que se amplia na mesma medida de importância do personagem. Quando o objeto da escrita são Freud e Jung, então, o desafio é imenso. Por isso, é de se maravilhar quando um escritor aceita o desafio de elaborar uma pesquisa comparativa entre esses dois ícones da psicologia, tomando como elemento central o tema da religião, onde aparece a continuidade e os maiores contrastes entre os dois pensadores. Exatamente por estar no limiar desta questão a autora consegue se apropriar dos conceitos chaves e entrelaçá-los organicamente, inclusive com a ajuda de autores do calibre de Kant. Ao traçar um caminho ascendente da religião, que passa de mero complexo a necessidade natural da alma, Soraya faz uma leitura original e consequente sobre os pensamentos de Freud e Jung que ajudará bastante ao leitor e pesquisador do tema.

 

Lindomar Rocha Mota

 

O livro de Soraya Ferreira tem o mérito de abordar de forma bem completa a questão complexa da espiritualidade na obra dos dois grandes fundadores da psicologia de profundidade. A autora consegue dar conta de forma bem clara tanto das principais formulações de Freud sobre a espiritualidade quanto as numerosas e aprofundadas explorações de Jung sobre o tema. O livro é de grande atualidade, pois trata de um fenômeno que se torna a cada dia mais importante nos dias atuais: a questão da religião, um dos fenômenos mais básicos e universais do ser humano. 

 

Walter Boechat 

 

Soraya Ferreira é Psicóloga Clínica e Professora. Doutoranda, Mestra em Ciências da Religião e Especialista em Psicologia Junguiana pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Atualmente é pesquisadora no Programa de Ciências da Religião da PUC Minas nos seguintes temas: Religião, Pluralismo, Diálogo inter-religioso e Mística.  

ISBN: 978-85-5696-141-9

Nº de pág.: 197