Arte da capa: Mulher de azul lendo uma carta, Jan Vermeer, 1662-1663

História e mídias:

diálogos (im)prováveis

Aristeu Elisandro Machado Lopes,
Daniele Gallindo Gonçalves Silva,
Vinícius Cesar Dreger de Araújo (Orgs.)

Nas últimas décadas a pesquisa interdisciplinar recebeu atenção por parte de determinados pesquisadores, os quais tinham interesses por temas que envolviam arcabouços teóricos e metodológicos advindos de duas ou mais áreas do conhecimento. O Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Pelotas – programa que promove os encontros internacionais Fronteiras e Identidades bienalmente – se mostrou receptivo a essas propostas interdisciplinares. Desde a criação do PPGH/UFPel e seu reconhecimento pela CAPES, em 2010, pesquisas com temáticas inter ou multidisciplinares tem recebido acolhida, tanto no que se refere às pesquisas de seus professores como também naquelas que resultam nas dissertações defendidas por seus discentes. Entre suas três linhas de pesquisa, uma delas, intitulada: “Imagens: entre iconografia, cultura visual e intermidialidade” agrega os professores e seus respectivos orientandos que desenvolvem pesquisas da área da História relacionada com as narrativas visuais, a cultura visual, a literatura, as mídias, o cinema, entre outras formas de imagens. Importante também destacar a atuação do Laboratório Interdisciplinar de Pesquisa e Ensino em Entretenimento e Mídias – LIPEEM/UFPel do qual os coordenadores que promoveram os Simpósios Temáticos são pesquisadores vinculados. A proposta do Laboratório é reunir professores e alunos que desenvolvem – ou tem intenção de desenvolver – projetos de pesquisa com objetivos ou objetos relacionados aos assuntos que tratam das relações entre as mídias e as formas de entretenimento com a história e com áreas afins, em uma proposta interdisciplinar.

ISBN: 978-85-5696-125-9

Nº de pág.: 154

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0