Os Conceitos de Vida, Morte, Tempo, Temor, Desespero, Suicídio e Esperança na Filosofia de G. W. F. Hegel

Paulo Roberto Konzen

Quais são os conceitos hegelianos de vida, de morte, de tempo, de temor, de desespero, de suicídio e de esperança na sua Filosofia? Qual é a atualidade desses conceitos? O objetivo principal da presente obra é expor e analisar esses conceitos hegelianos, procurando ver sobretudo sua atualidade ou não. Ora, são conceitos e problemas que nos inquietam/movem, especialmente no atual tempo histórico (2019/2021) de pandemia, de tanta doença ou de falta de saúde. Assim, no primeiro capítulo, procura-se apresentar e examinar a obra hegeliana, expondo aspectos sobre Hegel e os seus conceitos de “filosofia” (Philosophie) e de “ciência” (Wissenschaft). Em seguida, no segundo capítulo, os conceitos de “vida” (Leben) e de “morte” (Tod) na obra Filosofia do Direito de Hegel, em relação com seus conceitos de “matar” (töten - umbringen), de “se matar” (sich töten – sich umbringen), de “suicídio” (Selbsttötung - Selbstmord), de “pena de morte” (Todesstrafe) e de “garantia da vida” (Sicherung des Leben). Por fim, no terceiro capítulo, o conceito de “esperança” (Hoffnung) em toda a Filosofia de Hegel, em relação ainda com os seus conceitos de “desesperança” (Hoffnungslosigkeit), de “tempo” (Zeit), de “temor” (Furcht), de “desespero” (Verzweiflung) e, novamente, de “suicídio” (Selbsttötung - Selbstmord).

 

Nº de pág.: 207

ISBN: 978-65-5917-078-4

DOI: 10.22350/9786559170784

ENCOMENDAR