Estudos linguísticos: do falado ao escrito, do texto ao discurso

Gustavo da Silva Andrade (Org.)

Tratar dos estudos linguísticos implica, primeiramente, considerar a própria natureza da comunicação e da linguagem e como os fenômenos linguísticos são descritos à luz de diferentes correntes teóricas. A comunicação é uma forma de compreender e de transmitir a organização do mundo aos outros. A comunicação é a mediadora da relação do homem com o mundo e, para tanto, utiliza-se de signos. O pensamento não é transmitido senão por meio dos signos, os quais atuam como suportes exteriores e materiais da comunicação entre pessoas e, também, são formas de expressar a relação do homem com o mundo. A linguagem refere-se a qualquer processo de comunicação, como a linguagem dos animais, a linguagem corporal, a linguagem das artes, a linguagem da sinalização, a linguagem escrita, entre outras. As várias correntes que tratam dos estudos linguísticos são colocadas, quase sempre, em perspectivas de recortes temáticos e metodológicos, para a análise dos fenômenos linguísticos. A preocupação com a análise linguística é caracterizada pela descrição de línguas de diferentes perspectivas teóricas e pelo estudo do discurso e do texto em suas manifestações falada e escrita. O presente livro, intitulado Estudos linguísticos: do falado ao escrito, do texto ao discurso, contemplará essa rica variedade de estudos, agrupados em áreas específicas, quais sejam:  descrição e análise funcional de línguas falada e escrita; estudos do texto e do discurso; oralidade e letramento e (iv) variação e mudança linguística.

 

Nº de pág.: 156

ISBN: 978-65-5917-075-3

DOI: 10.22350/9786559170753

ENCOMENDAR