Ernst Bloch: utopias concretas e suas interfaces: vol. 2
 

Ricardo Timm de Souza; Ubiratane de Morais Rodrigues (Orgs.)

Em tempos que parecem desejar uma “utopia” que simbolize o desejo opaco de “dispensar todas as utopias”, o conceito blochiano central de “utopias concretas”, sua genealogia e suas derivações, se apresenta como um oásis intelectual em muitos campos do pensamento. Essa é a razão imediata para as novas gerações assumirem também como sua a tarefa de corrigir a injustiça histórica e trazer o pensamento de Bloch, no Brasil, à centralidade da agenda de interesses filosóficos – algo que se concretiza crescentemente. Nessa percepção, e na busca de ainda maior divulgação da obra e o pensamento de Ernst Bloch no âmbito nacional, encetamos a publicação de dois livros sobre Bloch. Estes vêm somar-se às obras já consagradas no Brasil de Suzana Albornoz, Carlos Jordão, Pierre Furter e Arno Münster, entre outros, no esforço de ampliar o debate sobre este importante filósofo contemporâneo. Outro objetivo destes dois volumes é tornar conhecidos os pesquisadores e pesquisadores atuais dedicados ao pensamento de Bloch. Os textos que compõem esse segundo livro tratam especialmente de variadas interfaces do pensamento de Ernst Bloch com pensadores clássicos, como Spinoza e Kant, e com vários pensadores contemporâneos, como Freud, Derrida, Adorno, Benjamin, Rosenzweig, Agamben, Levinas, Bourdieu, Sartre, Foucault, Honneth e Dussel, entre outros.

ISBN: 978-85-5696-074-0

Nº de pág.: 586

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0