O Mo(vi)mento do Discurso: entre o tratado sobre a natureza ou
sobre o não-ser e o elogio de Helena
 

Vicente Thiago Freire Brazil

A presente pesquisa tem como objetivo central arrazoar sobre o conceito de Discursividade em Górgias de Leontino tomando como base duas de suas principais obras a nós acessíveis, o Tratado sobre o não-ser ou sobre a natureza e Elogio de Helena. Pretende-se demonstrar que o logos tem em Górgias um papel de inteiro destaque, sendo este um tema constante, do “momento” no pensamento gorgiano, podendo este ser compreendido como o fio condutor da obra do Leontinense. Não obstante o reconhecimento do “momento” do discurso em Górgias, demonstra-se também na presente pesquisa que esse é absolutamente dinâmico, vivo, puro “movimento”. Partindo de uma análise do contexto sociocultural formador da sofística – na qual são apresentadas e discutidas as principais questões que envolvem os pensadores que são relacionados neste movimento – segue-se para a discussão pormenorizada de ambos os textos, tendo como pressuposto de leitura para compreensão do Tratado a meontologia gorgiana que funda o “momento” do discurso no pensamento ocidental, e do Elogio a onipotência do logos que põe a realidade cultural na qual a natureza humana está posta em “movimento” para que a tragicidade de nossa existência seja suavizada.

ISBN: 978-85-5696-027-6

Nº de pág.: 142

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0