Psicopolítica e psicopatologia do trabalho

Fernanda Sousa-Duarte; Ana Magnólia Mendes; Emílio Peres Facas (Orgs.)

Organizar um livro em Psicopolítica e Psicopatologia do Trabalho é, para nós, uma aposta no desejo de fazer a diferença a partir da insistência e persistência do desejo de uma existência ético-política, de mobilizar o trabalho de pensar, resistir e encontrar saídas para o labirinto. Nossas inquietações, então, se ligam diretamente a um compromisso ético e político, de como discutir criticamente o mundo do trabalho, apontando o valor da articulação das dimensões sociais, históricos, políticos e psíquicas que, apesar de indissociáveis da categoria “trabalho”, são frequentemente ignorados ou recusadas pelas ciências e pelas instituições produtivas capitalistas. Assim, o livro nasce do nosso desejo de construir uma Psicopatologia crítica e clínica do trabalho, uma Psicopolítica do Trabalho. Uma aposta sustentada institucionalmente pela Universidade de Brasília e pela nossa história acadêmica no Brasil desde os anos 2000, sendo um marco histórico esta publicação em 2020. Uma enunciação de um novo ciclo de produção no Laboratório de Psicodinâmica e Clínica do Trabalho e, de modo particular, a presença de nós três juntos como organizadores, abrindo infinitas possibilidades para os modos de trabalho e de vida.

Nº de pág.: 217

ISBN: 978-65-5917-012-8

DOI: 10.22350/9786559170128

ENCOMENDAR