Das trevas da ignorância à civilização: os Capuchinhos e a educação pela fé na França Equinocial (1612 – 1615)

Dayse Marinho Martins

Estudo da ação educacional intrínseca no processo missionário dos capuchinhos durante o período da França Equinocial nas tentativas de colonização do Novo Mundo. Fundamentada nas contribuições da Nova História Cultural a abordagem recorre às noções de práticas, representação e apropriação associadas aos conceitos de símbolo e ideologia para discutir o papel dos capuchinhos na expedição francesa ao Maranhão. Ao retratar a História do Maranhão no período de 1612 a 1615, século XVII, com a implantação da França Equinocial e as práticas missionárias dos capuchinhos, a análise busca no cerne da educação religiosa propagada pela missão, definir o modelo de educação adotado. E, além disso, evidenciar sua perspectiva civilizatória, as interferências nos costumes indígenas e as influências das experiências dos missionários franceses, no âmbito da História da Pedagogia com o surgimento de elaborações teóricas de pensadores modernos acerca da educação.

ISBN: 978-65-87340-00-5

Nº de pág.: 99

© 2020 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0