Hermenêutica teológica da revelação: uma abordagem a partir de Claude Geffré 

Tiago de Fraga Gomes

Esta obra pretende abordar a relevância da teologia hermenêutica de Claude Geffré para a leitura do fenômeno da revelação na perspectiva do pluralismo religioso. Segundo Geffré, uma teologia com orientação hermenêutica designa o próprio destino da razão teológica no contexto do pensável contemporâneo, pois diz respeito a uma nova postura diante do pluralismo religioso hodierno. Diante da atual polifonia religiosa entoada pela multiplicidade de religiões do mundo, o cristianismo é chamado a expressar e a redefinir a sua identidade singular. Para Geffré, o sagrado só pode ser concebido como um fenômeno multifacetado. Há um enigma presente na alteridade plural das concepções religiosas, cuja manifestação expressa a riqueza espiritual da vivência humana do divino. As confissões de fé emergem da tradição, cujas definições não podem ser concebidas apenas como atos de jurisprudência, mas sim como a tradução de atos de interpretação que buscam responder às situações existenciais de crise, onde o elemento da fé é questionado. A mudança das situações contextuais provoca uma adequação do sentido original à realidade em questão. A dinâmica da recepção provoca uma abertura de sentido aos enunciados da fé revelada e elaborada dogmaticamente. A disposição em retomar de modo criativo o sentido da fé em vista das novas experiências históricas, traz uma vitalidade aos enunciados da fé. A teologia católica tem buscado superar uma postura eclesiocêntrica para abraçar um sentido mais ecumênico e reinocêntrico da revelação de Deus na história.

ISBN: 978-85-5696-009-2

Nº de pág.: 241

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0