A ética da liberdade em Kierkegaard: uma contraposição entre as teses do Juiz Wilhelm e de Johannes o Sedutor. 

Gabriel Kafure da Rocha

Neste livro, tem-se como objetivo desvelar o papel ético da liberdade em Kierkegaard dentro da sua obra Ou-ou. Nela, há uma transição entre as concepções estéticas e éticas de um indivíduo, de modo que ele seja capaz de escolher e entender qual é o fundamento da relação entre a liberdade e a escolha. O livro é dividido em categorias: (a) estéticas (representadas pelo pseudônimo Johannes, o Sedutor) e (b) éticas (representadas pelo pseudônimo Juiz Wilhelm). Por meio da contraposição das teses de Johannes e Wilhelm, pretende-se entender o conceito ético de liberdade, primeiramente passando por uma revisão da recepção kierkegaardiana na Europa e no Brasil, para, em sequência, analisar a relação entre o romantismo, os pseudônimos e o pretexto de Ou-ou. Com isso, será possível relacionar as categorias estéticas utilizadas por Kierkegaard para dialogar com as filosofias especulativas e, finalmente, chegar então ao ético como fundamentação para lidar com sentimentos tais como o amor, o arrependimento, o desejo e mesmo a superação do tédio. O resultado de toda essa reflexão foi, como o próprio Kierkegaard delineou, um equilíbrio entre o estético e o ético na formação da personalidade humana.

 

Gabriel Kafure da Rocha nasceu em Popayán, Colômbia, filhos de pai brasileiro e mãe colombiana, veio desde cedo crescer no Brasil, contudo teve também como experiência marcante ter passado parte de sua infância em Angola no período da guerra civil, devido ao trabalho do pai. Desde a adolescência, passou contemplar o mundo dos livros e das letras, cursou Filosofia, trabalhando e estudando nos estados de Pernambuco, Maranhão, Piauí, Alagoas e Rio Grande do Norte. Dentro dessa perspectiva, como um indivíduo pluri-descentralizado, se estabeleceu no sertão de Pernambuco, onde trabalha. Dessa contraposição entre o frio da Dinamarca e o calor do Sertão, nasceu essa reflexão essencialmente existencial, erótica e familiar, por meio de Kierkegaard. Atualmente, se dedica ao estudo da ontologia em Bachelard.

ISBN: 978-85-5696-003-0

Nº de pág.: 165

© 2019 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0