História e Pré-História: investigando os usos desses conceitos nos Livros Didáticos de História

Luiz Adriano Lucena Aragão

Na década 1980 houve uma reformulação do pensamento historiográfico brasileiro que procurou repensar a História. O acontecimento mais emblemático desse período foi a abertura política desencadeada por grandes mobilizações sociais (Anistia, Diretas Já, promulgação de uma nova Constituição). Toda essa movimentação resultou em um longo processo de mudança do fazer historiográfico, do pensar a escola e o ensino de História. Cresceu a pesquisa científica com foco no ensino e na aprendizagem em História, afastando-se da ideia de repetição e reprodução dos conhecimentos. Em consonância com a afirmação acima, essa pesquisa tem como objetivo investigar as concepções de História e Pré-história utilizadas nos livros didáticos de História, aprovados no PNLD para os anos 2017-2019, e que tem maior adesão nas escolas públicas brasileiras. Nesse estudo foram analisados os conceitos de História e Pré-história, partindo do diálogo com a produção teórico metodológica do campo da História, para em seguida tecer problematizações e considerações à luz da literatura pedagógica. Utilizou-se como fonte de pesquisa o livro didático de História, levando em consideração o papel que essa ferramenta didática exerce enquanto suporte de conhecimento e material de ensino no contexto atual. O percurso metodológico realizado pautou-se na análise de conteúdo do texto didático e na construção de categorias (terminologia, adequação conceitual, inovação historiográfica, periodização, fonte, perspectiva historiográfica, atividades pedagógicas, atividades de pesquisa e prática de escrita histórica) que tornou possível explorar a literatura didática das coleções. Assim, resultado alcançado revela os aspectos críticos-reflexivos do livro ao utilizar os conceitos de História e Pré-história e também revela as ressignificações conceituais contidas nos livros estudados, ademais, demonstrou-se também a relação dos conteúdos e das tendências historiográficas as quais os livros são portadores, e por fim, os aspectos históricos-pedagógicos presentes nos livros didáticos que contribuem para a melhora do conhecimento histórico escolar.

 

Luiz Adriano Lucena Aragão possui graduação em História pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (2007), Mestrado em História Social da Cultural Regional, na linha de Ensino de História, na Universidade Federal Rural de Pernambuco (2019). Atualmente é auxiliar em Assuntos Educacionais do Instituto Federal de Pernambuco - IFPE Campus Igarassu e professor colaborador da Faculdade do Sertão do Pajeú - FASP, atuando também nos cursos de Licenciaturas na EAD (UFRPE e IFPE). É pesquisador do  NEPHECS -Núcleo de Estudos e Pesquisas História, Educação e Culturas da UFRPE. Tem experiência na área de História, com ênfase em Ensino de História. Email prof.adrianolucenah@gmail.com, instagram @adrianolucenah, Youtube  Adriano Lucenah.

Nº de pág.: 176

ISBN: 978-65-87340-62-3

DOI: 10.22350/9786587340623

ENCOMENDAR

© 2020 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0