O sagrado e o profano sob a perspectiva fenomenológica husserliana: semelhanças e dessemelhanças

Frei David Naime Fioravante OFM Cap; Donizeti Pessi

A presente obra, tem o intuito de clarificar a compreensão do que é a ciência da fenomenologia e como a mesma, pode colaborar num entendimento racional de experiências do sagrado e do profano na consciência humana. Em tempos em que a emoção prevalece sobre a razão, dentro de um contexto social religioso emotivo e sentimentalista, facilmente se encontra no palavreado de pessoas religiosas frases como: “senti a presença de Deus”, ou “se não chorar, um retiro espiritual não valeu”. Partindo de algumas reflexões platônicas, retratadas de modo particular no mito caverna, donde se encontram os níveis de conhecimento humano, – pístis, eikhaisa, dianóia e noesis – possível é a indagação e reflexão por sobre qual nível se encontra o elemento do sagrado e por consequência o profano. Entendendo a pístis como um nível sensorial de corporeidade, a eikhasia como sombras do que poderia ser, a dianóia na representatividade da forma e matéria e a noesis como a significação do que se vê e compreende, tal estrutura de conhecimento é causa motivacional para o presente estudo. Como o sagrado e o profano são fenômenos, se faz necessário adentrar o estudo fenomenológico de Edmund Husserl. Por tal fenomenologia, pode-se compreender a estrutura fenomênica presente em cada um deles, bem como seu campo de atuação denominado por Husserl de campo transcendental, ou também chamada de consciência. Por meio de sua arqueologia fenomenológica e método epistemológico, crível é a elucubração acerca de tais fenômenos. Assim se pode perguntar: Como se dá o processo da manifestação fenomenológica do sagrado e do profano na consciência do sujeito pensante, analisando as semelhanças e dessemelhanças acerca de tais manifestações?

Nº de pág.: 74

ISBN: 978-65-87340-55-5

DOI: 10.22350/9786587340555

ENCOMENDAR

© 2020 por LUCAS MARGONI & WIX ENGINE.

Todos os livros publicados pela editora Fi

estão sob os direitos da Creative Commons 4.0